segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

História do Reiki



INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DO REIKI


Desde sempre, todos os praticantes de REIKI nutrem uma enorme simpatia e curiosidade sobre o fundador do sistema, Mikao Usuí. Da mesma forma, sempre houve uma grande curiosidade acerca da história do REIKI, do seu desenvolvimento e da influência da vida de Mikao Usuí nas práticas do REIKI. Muitas histórias surgiram, a respeito da origem do REIKI, até o nome que chegou ao Ocidente é fruto destas histórias. Especulações sobre sua origem no Tibete, Egito, Atlântida ou Lemúria foram levantadas. Sem dúvida, os povos citados acima trabalhavam com energia de alguma maneira, porém, segundo palavras do próprio Mikao Usuí, deixadas em seu manual (descoberto por Frank Arjava Petter): "O método USUÍ REIKI RYOHO é original, não existe nada como este método no mundo. Por isso gostaria de mostrá-lo ao público para que todos possam beneficiar-se dele afim de que todos alcancem a felicidade.

Dizia Usuí: "O meu REIKI RYOHO (Em Japonês seria  assim: Shin Shin Kaisen Usuí Shiki Ryoho, ou simplismente Reiki) é um método original canalizado através do poder intuitivo existente no Universo. Com essa poderosa ferramenta, o corpo torna-se mais saudável, a vida torna-se mais feliz e atinge-se a paz de espírito. Atualmente as pessoas precisam progredir e reconstruir a sua vida exterior e interiormente. Deste modo, divulgo o meu método para ajudar as pessoas com doenças do corpo e da mente". As histórias mais conhecidas são as que dizem que Mikao Usuí era um Padre Cristão, e a outra que o Dr. Usuí era Professor Universitário de Teologia na Universidade de Doshisha no Japão.

Muito mais tarde, pesquisadores vieram constatar que estas histórias foram criadas para que fosse facilitada a aceitação do método no mundo ocidental obtendo mais credibilidade, visto que o cristianismo estava em alta entre os anos 30 e 40. Quanto ao Tibete, sem dúvida tinha uma popularidade mais simpática junto aos ocidentais (principalmente americanos) do que o Japão, sem contar que o descobridor teoricamente teria a credibilidade de ser um Doutor em Teologia. Estas histórias foram criadas por Hawayo Takata, a responsável pela introdução do REIKI no mundo ocidental, que através da criação destes pequenos floreios, atenuou bastante um possível preconceito que pudesse surgir com relação a prática do REIKI dificultando a sua divulgação no ocidente.

Hoje, podemos entender perfeitamente os motivos de Hawayo Takata, e os fatos a serem considerados acima, não depreciam em nada a verdadeira história de Mikao Usuí e sua grande descoberta. Movido pela curiosidade e confusos com tantas teorias, alguns mestres ocidentais (o mais proeminente pesquisador que trouxe a real história do Reiki foi Frank Arjava Petter) foram ao Japão constatar se aquilo que se dizia sobre o a história do Reiki era realmente a verdade. Acendendo luzes sobre a realidade dos fatos, através de documentos escritos, e com familiares, a procura de registros em faculdades do Japão e até a visita o memorial erguida ao criador do REIKI, eis aqui a verdadeira história de Mikao Usuí a nestes levantamentos científicos.


HISTÓRIA DO REIKI - MIKAO USUÍ

Mikao Usui, entre outras coisas, era Budista e um excelente estudioso do Xintoismo e Taoismo. Nasceu no Japão em 15 de agosto de 1865, numa pequena vila designada Taniaia, Distrito de Yamagata, prefeitura de Gifu. Segundo as investigações de Frank Arjava Petter, reveladas no seu livro em parceria com Walter Lubeck e Willian Rand, "The spirit of Reiki", Usui estudou Kiko, (a versão japonesa de Chi Kung - uma arte oriunda da China para melhorar a saúde através de meditação, exercícios respiratórios e manipulação de energia) quando era jovem, num templo de Budismo de Tendai no monte Kurama, Norte de Kyoto. Nas práticas do Kiko, usa-se a própria energia vital para a cura de outras pessoas, ficando o doador dessa energia, desvitalizado, algo que não foi do agrado de Mikao Usuí.


Sensei viajou muito em busca das respostas que buscava e entre estas etapas, juntou-se a um grupo designado Rei Jyutu Ka, onde a sua formação acerca do mundo espiritual foi fortificada. Todo o intenso e continuado interesse no conhecimento teriam criado as funções da incrível benção que deixou a humanidade. A sua formação e clareza mental ajudaram-no a conseguir um emprego como secretário de Shinpei Goto, então responsável por um Departamento de Saúde e Bem Estar, e mais tarrde Presidente de Kyoto. Aqui, Usuí conhece muitas pessoas influentes de todo o Japão tendo iniciado um negócio por conta própria com bastante sucesso.

Em 1914 o negócio começou a correr mal e Usuí decidiu buscar de maneira mais intensa a resposta que tanto procurada: O motivo do sofrimento humano, em como  ser humano poderia alcançar a saúde e a felicidade. Voltou anos mais tarde ao Monte Kurama, onde tinha estado a estudar Kiko quando era jovem.

 Neste templo de linha Mahayana (uma vertente do Budismo), pediu permissão para estudar,  e onde veio a encontrar nos manuscritos  os rituais e indicações para o que buscava. Usuí iniciou então um retiro de 21 dias, na floresta do monte Kurama, onde jejuou,  e fez seus rituais durante todo este tempo.

No final, no último dia do retiro, em março de 1922, Mikao Usuí teve sua experiência de Satori (iluminação) onde houve a revelação de como utilizar energia para cura sem ficar desvitalizado. O próprio sensei conta que após quase ter desistido após tanto esforço e sem forças uma luz muto forte veio da floresta em sua direção, o tomou e este caiu inconsciente. Quando acordou, Usuí obtera a paz permanente na luz, percebendo que se encontrava diferente, a luz passava a fluir e a manifestar-se nele. Então ele descobriu que podia aplicar estar força em si e em outras pessoas além de transmitir esta graça a outras pessoas pelo processo de iniciação.


Criou em abril de 1922 a escola que ainda hoje existe. Usui Reiki Ryoho Gakkai em Tókio, fundada por sensei Usuí.

Usuí desencarnou em 09 de março de 1926 em Fukuiama, fruto de um derrame cerebral, em uma de suas viagens. Ele tivera antes disto dois derrames cerebrais, e se curara completamente de sequelas apenas com Reiki. Seus discípulos passaram a difundir a técnica somente no Japão.(Como sabemos sensei Usuí era chefe da Usuí Reiki Gakkai, a organização que ele próprio criou. Esta entretanto, não ministra cursos, não faz atendimentos externos. Do que se conhece dela, são de poucos mestres que passaram alguns conhecimentos, como Doi Hiroshi, que criou o sistema Gendai Reiki, que fora até o nível Okuden por sua mestra pertencente a Gakkai).

O Reiki ocidental como é conhecido no ocidente vem través de uma havaiana chamada Hawayo Takata, que aprendeu com Hayashi (1900 -1980) que se submeteu ao tratamento com REIKI devido a graves problemas de saúde (câncer). Depois de curada, ela passou alguns anos no Japão para aprender o método com Chujiro Hayashi, um dos discípulos diretos de Usuí, Voltando para natal passou a ensinar e divulgar o Reiki no Ocidente (1938).


HISTÓRIA DO REIKI - CHUJIRO HAYASHI


Chujiro Hayashi, entre todos os alunos do Dr. Mikao Usuí se tornou o mais conhecido no Ocidente pelo fato dele ter sido o Mestre de Hawayo Takata, a responsável pela chegada do REIKI ao Ocidente e pelo seu trabalho de divulgação do Reiki no Japão, já que a escola que Usuí fundou, a Gakkai, ficou fechada apenas entre poucos.


Chujiro Hayashi era oficial aposentado da Marinha que recebeu de Usuí os ensinamentos de Mestre Reiki em 1925 aos 47 anos de idade, criando o seu próprio método "Reiki Hayashi Shiki Ryoho", que significa - Método de Cura Natural Reiki de Hayashi. Isto se Deus porque Hayashi discordava em certa medida de algumas concepções muito místicas de seu Sensei Usuí, e como médico tentou relacionar o Reiki a atuação focada de uma maneira mais prática de acorco com o seu conhecimento médico. Entretanto se deve entender que o método como Usuí fazia foi passado a Hayashi, mas infelizmente talvez nem toda a sua concepção. Diz a tradição entretanto que Usuí incentivou que Kayashi com seu conhecimento método levasse o Reiki a adiante e o desenvolvesse.


Hayashi abriu uma clínica de cura em Tóquio, onde terapeutas REIKI trabalhavam em grupo e iam também à casa de pessoas incapacitadas de se deslocarem a clínica. Uma das pessoas que recorreu à clínica de Hayashi para se curar foi Hawayo Takata. Hayashi, sem dúvida levou a obra do mestre a diante, e ainda acrescentou dado seu conhecimento médico as posições atuais e o tratamento de algumas doenças específicas. O método Jikiden Reiki, preza pela sua simplicidade, porém disciplina.


O Reiki como Usuí ensinava e praticava em sua essência, e pureza, talvez nunca saberemos como exatamente era em seus detalhes, pois só sabemos como foi ensinado por seus dissípulos. Apesar de algumas mudaças que cada um colocou segundo seu entendimento, o método provem e se mantem em sua estrutura fundamental perfeito e imutável, como as inciações e uso dos símbolos. O modo entretanto como Hayashi ensinava e praticava o Reiki, da maneira mais próxima como podemos aprender e como ele usava os conhecimentos de sensei Usuí, é aprendido através do Jikiden Reiki, fundação erigida pela sra. Yamaguchi e Tadao Yamaguchi. A mãe de Tadao, foi iniciada pelo Hayashi e iniciou os filhos da mesma maneira. Assim, os dois decidiram fundar o instituto, para preservar e difundir o Reiki como era feito tanto na iniciação, quanto na prática.


Obs.: Não existe o Reiki certo, ou o errado, como dizem alguns e o "nosso"Reiki como aprendemos de Takata é errado. São linhas, que a partir de seu fundador andaram por vertentes, porém preservando o que era fundamental, as iniciações, os símbolos de poder e a prática básica. Outra vertente é o Guendai-Reiki-Ho, fundado por Doi Hiroshi, e que juntou os métodos antigos do Reiki, com os modernos que encontrou no ocidente e outras técnicas, e traz para o ocidente também esta linha.


Já o Jikiden Reiki, instituto fundado por Tadao Yamagushi sensei e sua mãe, vem ensinar o Reiki tradicional como fora aprendido por sua mãe de Hayashi. Ele visa ensinar as técnicas e a iniciação do mesmo modo que fora passado, sem alterações feitas fora do Japão.


HISTÓRIA DO REIKI- HAWAYO TAKATA Hawayo Kawamuru


(Takata, mais tarde) nasceu em 24 de dezembro de 1900, numa família de Kuai, Havaí, em Hanamaulu. Casou-se com o tesoureiro de uma plantação , Saichi Takata, em 1917; foram felizes e tiveram duas filhas. Saichi Takata, morreu de um ataque cardíaco aos 32 anos, em outubro de 1930. Durante os 05 anos seguintes, Hawayo Takata, viúva e com duas crianças pequenas, passou a ter graves problemas de saúde e esgotamento nervoso. Diagnosticou-se também uma doença de fígado que exigia cirurgia, mas devido a problemas respiratórios, o uso de anestésicos era contra-indicado. A sua saúde deteriorou-se tendo-lhe os médicos afirmado que sem uma cirurgia ela não sobreviveria, mas se praticada ela morreria. Mais tarde foi para o Hospital Maeda, em Akasaka onde ficou internada por várias semanas. Foi marcada a cirurgia. A essa altura foi também diagnosticada apendicite e cálculos biliares e um tumor. Na noite anterior à intervenção cirúrgica, Takata ouviu uma vós interior que disse: - "A operação não é necessária".


Quando estava na mesa de cirurgia, ouviu de novo a voz e questionou se não haveria outro método para a sua cura. O médico respondeu-lhe: - "Sim, se puder permanecer no Japão o tempo necessário".
Falou-lhe então sobre a clínica de Reiki de Chujiro Hayashi; Takata dirigiu-se logo para .Iá. Em quatro meses, estava completamente curada no nível físico, mental e espiritual. Takata ficou tão maravilhada que pediu que lhe passassem os ensinamentos. De início foi recusada por ser estrangeira. Apesar da resistência inicial, Hayashi cedeu.


Ela fez seu curso completo (1937/38) e em 1939 Takata tornou-se sucessora de Hayashi e abriu seu centro de REIKI em Hilo no Hawaii. Foi assim que o Reiki tomou conta do Ocidente a partir dos EUA. Takata viveu em ótima saúde até os 80 anos e morreu em Dez/1980. Takata de maneira inegável difuldiu o Reiki pelo ocidente, permitindo a muito mais pessoas terem acesso a esta grande dádiva, mesmo com algumas mudanças que ela fez tanto no modo da iniciação, quanto em algumas métodos de aplicação.


>>> O mais interessante, é que apesar de várias "linhas" terem sido desenvolvidas, todos são o Reiki e todos funcionam da mesma maneira. Parece que a iniciação, mesmo que devido a alguma mudança, é feita não pelo iniciador, mas através dele, e assim o poder passa de um a outro, para preservar o mais importante, a graça do Reiki fluir pelo canal, para curar todos os seres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário